Com Marcinho Lucas

Não Clique !



terça-feira, 30 de julho de 2013

Sorteio definirá confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil

Terça-feira, 30 de Julho de 2013


Foram definidos os 16 clubes classificados para as oitavas de final da Copa do Brasil 2013. No dia 6 de agosto um sorteio irá definir os confrontos da próxima fase. Os times foram separados em dois potes. O adversário do Cruzeiro sairá do POTE A.

Confira os potes que determinarão os sorteios:
POTE A
Atlético-MG
Corinthians
Fluminense
Grêmio
Palmeiras
Vasco
Internacional
Flamengo 
POTE B
Atlético-PR
Botafogo
Cruzeiro
Goiás
Luverdense
Nacional-AM
Salgueiro
Santos
            (MARCINHO LUCAS)

CES 2013: SONY ANUNCIA CELULAR À PROVA D'ÁGUA COM CÂMERA DE 13 MEGAPIXELS

Terça-feira, 30 de Julho de 2013



Xperia Z, primeiro smartphone com tela de 5 polegadas da marca, chegará ao mercado até o final do primeiro trimestre
A Sony apresentou um novo modelo de smartphone, o Xperia Z, que é à prova d'água e ainda oferece uma câmera de 13 megapixels, umas das melhores entre os smartphones, perdendo somente para o Nokia 808 Pureview, que possui câmera que fotografa com 38 megapixels. Com sistema operacional Android, do Google, o produto é o mais novo representante da linha de "phablets", com tela grande de 5 polegadas.
Xperia Z, novo smartphone da Sony, vem com Android e câmera de 13 megapixels

De acordo com a Sony, o novo aparelho possui tela com resolução de 1920 x 1980 pixels e possui tecnologia das TVs da linha Bravia, o que melhora o contraste das imagens e mostra cores mais vivas.
O aparelho "sobrevive" a uma imersão na água de até 30 minutos em até um metro de profundidade e é equipado com o mais novo processador Snapdragon, da Qualcomm. O produto será vendido nas cores, branco, preto e roxo, e roda a versão 4.1 do Android, também conhecida como Jelly Bean. O produto deve chegar às lojas ainda no primeiro trimestre de 2013.
Além do smartphone, a Sony também               apresentou o primeiro protótipo de uma TV OLED com resolução Ultra HD e ampliou a linha de TVs de LED com resolução Ultra HD.

MICROSOFT LANÇA ATUALIZAÇÃO DO WINDOWS 8 E TRAZ DE VOLTA BOTÃO INICIAR

Terça-feira, 30 de Julho de 2013

Foi anunciado nesta quarta (25) a versão preview da nova versão do sistema operacional da Microsoft, o Windows 8.1. O mais importante: o botão Iniciar está mesmo de volta, mas agora seu uso é um pouco diferente do que estamos acostumados. Todas as novidades foram divulgadas durante a conferência para desenvolvedores da empresa, a Build, em São Francisco.
O botão Iniciar, tão solicitado pelos usuários do sistema, serve agora para abrir a tela Iniciar, com atalhos para os aplicativos. É possível classificar de diversas maneiras, o que auxilia bastante a vida do usuário. Agora, é possível colocar blocos de diferentes tamanhos, o que ajuda a colocar mais apps na tela Iniciar.
A mudança mais chamativa é a reformulação do visual da Windows Store, a loja de aplicativos do sistema. Chegam ao fim os blocos coloridos, dando uma impressão mais limpa. Em relação aos apps, a Microsoft garante que todos terão atualizações automáticas pela loja.
O Internet Explorer 11 vem com melhorias de desempenho e layout. A empresa anunciou que ele estará mais rápido e agora abre abas infinitas. Diversas outras funções, como lista de leitura também foram adicionadas.
A busca do sistema foi integrada. Agora o Bing vasculha tanto arquivos e programas no computador quanto a internet. Essa busca universal abre em uma interface independente semelhante a um app.
No sistema de gerenciamento, o Windows 8 abrirá quatro aplicativos ao mesmo tempo, dependendo da resolução da tela. A atualização é uma resposta às diversas reclamações de usuários desde que o novo sistema foi lançado ano passado.
A atualização é gratuita para PCs e tablets e já está disponível em 11 idiomas, incluindo português do Brasil. Esta é uma versão preview, voltada para desenvolvedores (e quem mais quiser se arriscar). Ainda não há prazo para chegada da versão definitiva. (Via CNET e Gizmodo)

COMO CONQUISTAR ALGUÉM QUE NÃO GOSTA DE VOCÊ.

Terça-feira, 30 de Julho de 2013

O seu colega de trabalho fecha a cara toda vez que você passa por ele? E aquele cara no seu grupo de trabalho que faz questão de parecer indiferente a você? Às vezes, sem motivo aparente, alguém decide que não gosta de você — e se você quer trabalhar em um ambiente mais confortável, cabe a você mudar esta dinâmica. O que fazer para desarmar um colega carrancudo?
Em uma recente entrevista por podcast, In a recent podcast interviewRobert Cialdini, conhecido psicólogo social, ofereceu duas sugestões contraditórias:
Faça elogios sinceros
Pode não ser fácil, especialmente se a pessoa tem se distanciado de você por um tempo. Mas se você for objetivo, vai encontrar qualidades admiráveis neles. Se você der o primeiro passo positivo e elogiá-los, é possível que quebre o gelo de uma forma legal e os faça reavaliar as percepções que tem sobre você.
Peça conselhos a eles
Cialdini nota que esta estratégia — que envolve pedir conselhos profissionais, sugestões de livros, etc. — vem de Benjamin Franklin, um mestre na política e na construção de relacionamentos. “Agora você usou a regra do comprometimento e consistência”, diz Cialdini, onde eles olham para suas ações (como te dar um conselho ou sugerir um livro) e concluem que podem até gostar de você, o que é um fenômeno comum na psicologia. “De repente”, diz Cialdini, “você tem a base de uma interação, porque quando você for retornar o favor, você pode fazê-lo na forma de um livro ou de algo que a pessoa pode gostar”.
O conselho de Cialdini pode te tornar vulnerável, a um certo ponto; você está explicitamente ganhando tempo com alguém que pode não gostar de você. Mas se você vai mudar essa relação, você precisa dar esse passo.
Como você fez para consertar uma relação fria, ou reverteu uma situação onde alguém não gostava de você?

PESQUISAS SOBRE BENEFÍCIOS DAS BEBIDAS ALCOÓLICAS

Terça-feira, 30 de Julho de 2013

Beber de uma a três taças de champanhe por semana pode neutralizar a perda de memória associada ao envelhecimento, e poderia ajudar a retardar o aparecimento de doenças degenerativas do cérebro. Segundo pesquisa da Universidade de Reading, na Inglaterra, o champanhe tem compostos fenólicos, que vêm das uvas vermelhas, que melhoraram a memória espacial, responsável pelo registro de informações sobre o ambiente da pessoa. No vinho tinto, os flavonoides (quase inexistentes no champanhe) é que são apontados como beneficiadores da saúde.Uma pesquisa anterior da Universidade revelou que dois copos de champanhe por dia podem fazer bem ao coração e à circulação e poderiam reduzir os riscos de sofrer de doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral 

Missa cantada para Dominguinhos

Terça-feira, 30 de Julho de 2013

SÉTIMO DIA

Missa cantada para Dominguinhos

Amigos e familiares homenagearam músico no Recife


Do JC Online

 / Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem


Familiares, amigos e fãs de Dominguinhos participaram na noite desta segunda-feira (29), no Recife, da missa de sétimo dia de morte do sanfoneiro. A celebração, presidida pelo padre Josenildo Tavares, aconteceu na Capela da Jaqueira, na Zona Norte. Entre homenagens ao músico, a cantora e ex-mulher de Dominguinhos, Guadalupe Mendonça, aproveitou para reafirmar seu amor pelo artista e disse que abdicou da “carreira e da música por causa dele”.

A missa começou por volta das 20h15. O altar e os bancos da capela foram transferidos para a área externa. A cerimônia foi embalada ao som de oito sanfoneiros. Os cantores Nádia Maia, Pulinho do Acordeon, Cristina Amaral e Walkyria Mendes, que entoaram, entre cânticos religiosos, músicas como Ave-Maria sertaneja (de Luiz Gonzaga) e Amizade sincera (de Dominguinhos e Renato Teixeira). 
O cantor Maciel Melo assistiu à missa, mas não cantou. Parceiro artístico de Dominguinhos, Maciel, que estava em Garanhuns nos dias da morte e do enterro do sanfoneiro, disse que lhe fez uma homenagem no show do Festival de Inverno.
O clima de distanciamento entre as famílias de Dominguinhos, dividida desde o internamento dele até o velório e enterro, continuou evidente na missa. De um lado, próximas ao altar, estavam a filha, Liv Moraes, e sua mãe e ex-mulher do sanfoneiro, Guadalupe Mendonça. Mais afastado, o filho mais velho do músico, Mauro da Silva Moraes. Visivelmente isolado, Mauro disse sentir saudade de escutar a voz do pai ao telefone. 
Após agradecimento de Liv às pessoas presentes na cerimônia, Guadalupe discursou, afirmando que tinha por Dominguinhos um amor incondicional. “Sou a senhora Dominguinhos. Não estou com ele há sete anos, nem a sete meses. Ele tinha ciúmes de me ver cantando para os outros. Só queria que eu gravasse disco. Abdiquei da carreira e da música por causa dele”, disse. “Fiquei com ele até o fim.” No final da cerimônia, o sanfoneiro Camarão tocou a Oração de São Francisco. O Grupo Folclórico Bacamarteiros de Abreu e Lima fez uma salva de tiros.

Pernambuco ocupa 19º lugar em ranking do IDHM. Noronha é o 1º do Estado


Terça-feira, 30 de Julho de 2013

Pernambuco ocupa 19º lugar em ranking do IDHM. Noronha é o 1º do Estado

f4b89e7327c34dcda471b99c97a8ccdc.jpg
No ranking nacional, Fernando de Noronha ocupa a 76ª posição

Foto: Divulgação



Do NE10Com informações de agências
ATUALIZADA ÀS 20H14
Pernambuco figura em 19º lugar no ranking nacional para o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) 2013, divulgado nesta segunda-feira (29). O Estado passou de 0.440 em 1991 para 0.673 em 2010. Em áreas pernambucanas, o arquipélago Fernando de Noronha é a unidade com o IDHM mais alto (0.788). Já no ranking nacional, Fernando de Noronha ocupa a 76ª posição, empatado com outros oito municípios brasileiros. Recife, capital do Estado, está em segundo lugar (0.772), seguido de Olinda (0.735). Manari (0.487), Jurema (0.509) e Itaíba (0.510) são os municípios pernambucanos com os menores índices.
O índice estuda diversas dimensões dos marcadores da educação, expectativa de vida e renda, em uma escala que varia de 0 a 1, considerando o número 1 como o mais avançado. A escala é dividida em cinco faixas - de muito baixo (0,000 - 0,499), baixo ( 0,500 - 0,599), médio (0,600 - 0,699), alto (0,700 - 0,799) e muito alto (0,800 - 1,000). O estudo foi realizado em uma parceria com o Pnud Brasil, Fundação João Pinheiro e o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e leva em consideração s critérios da ONU (longevidade, educação e renda da população). os dados são referentes ao Censo do IBGE de 2010, mas foram compilados em 2013.
Com renda per capita de R$ 1034,14, Fernando de Noronha tem uma expectativa de vida de 75,36 anos e um IDHM educação de 0.748. A capital pernambucana tem uma renda per capita média de R$ 1.144,26, com expectativa de vida de 74.50 anos e IDHM educação de 0.698. A renda per capita média olindense é de R$ 640,13 e expectativa de vida de 75.16 anos. O IDHM educação para Olinda é de 0.675. Manari, município pernambucano com o menor índice do Estado, tem uma renda per capita de R$ 155.49, expectativa de vida de 65,89 anos e IDM educação de 0.354. A cidade é a única de Pernambuco com a faixa de desenvolvimento humano considerada muito baixa para os padrões da pesquisa.
CINCO MELHORES DO ESTADOIDHM GERAL
Fernando de Noronha0.788
Recife0.772
Olinda0.735
Paulista0.732
Jaboatão dos Guararapes0.717
CINCO PIORES DO ESTADOIDHM GERAL
Manari0.487
Jurema0.509
Itaíba0.510
Tupanatinga0.519
Caetés0.522
O Distrito Federal é a unidade federativa com o IDHM mais alto (0,824). São Paulo vem em 2º lugar, com 0,783. Já Alagoas e Maranhão figuram como os estados com os piores índices, com 0,631 e 0,639 respectivamente. Das capitais brasileiras, apenas três aparecem entre os dez municípios de maior IDHM: Florianópolis (3º lugar - 0.847), Vitória (4º lugar - 0.845) e Brasília (9º lugar - 0.824). Recife aparece em 210º lugar, em um ranking com 5565 cidades. 

A maioria dos municípios no Sul e no Sudestes estão concentrados na faixa de alto desenvolvimento, com 64,7% cidades do Sul e 52,2% de municípios do Sudeste nesta faixa. No Centro-Oeste e no Norte, a maioria das cidades está com índice de médio desenvolvimento, com 56,9% e 50,3% respectivamente. Apesar da desigualdade entre os estados continuar grande, o percentual diminuiu 25,5% nas últimas duas décadas. Todos os índices analisados podem ser consultados no site do Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013.
RANKING NACIONALIDHM Geral
Distrito Federal0.824
São Paulo0.783
Santa Catarina0.774
Rio de Janeiro0.774
Paraná0,749
Rio Grande do Sul0,746
Espírito Santo0,740
Goiás0,735
Minas Gerais0,731
Mato Grosso do Sul0,729
Mato Grosso0,725
Amapá0,708
Roraima0,707
Tocantins0,699
Rondônia0,690
Rio Grande do Norte0,684
Ceará0,682
Amazonas0,674
Pernambuco0,673
Sergipe0,665
Acre0,663
Bahia0,660
Paraíba0,658
Piauí0,646
Pará0,646
Maranhão0,639
Alagoas0,631


Proxima → Página inicial

Seguidores